top of page

Marina Helou e Marina Bragante divulgam projetos vencedores do edital SP Melhor; Confira resultado

A etapa de votação popular do Edital de Emendas SP Melhor se encerrou às 23h59 de terça-feira(18). A iniciativa da deputada Marina Helou em parceria com a liderança da capital paulista Marina Bragante contou com 142 projetos inscritos. 


Mais de 34 mil votos válidos de várias regiões da cidade de São Paulo foram registrados no sistema. Os seis projetos mais votados serão beneficiados com R$100 mil cada para viabilizar a iniciativa. Ao todo, serão destinados R$600 mil em emendas parlamentares.

Marina Bragante ao lado de Marina Helou, responsáveis pelo edital SP Melhor (Foto:Iury Carvalho)


“É uma tradição que adotei no meu mandato, pegar parte do dinheiro público que como deputada tenho direito de destinar e fazer isso junto com as pessoas. Afinal, esse dinheiro é de todos nós”, explica a deputada Marina Helou.

“Levei a ideia de contemplar projetos que dialogassem com as mães, crianças e meio ambiente e a Marina Helou super topou. Existem muitas iniciativas boas na cidade de São Paulo que precisam de apoio financeiro e o edital é um ótimo caminho para isso”, reforça Marina Bragante.  

Confira os projetos vencedores: 

Eixo Mães, Crianças e Direitos Humanos:

Projeto: Programa Mães do CEU

Entidade: Instituto CEU Estrela Guia

Votos: 3.244

Projeto: Sabendo Saberes

Entidade: Corporação Aliança

Votos: 1.894


Projeto: Beabá do Câncer

Entidade: Instituto Beaba (be-a-bá)

Votos: 1.857

Eixo Emergência Climática e Práticas Sustentáveis

Projeto: Centro Escoteiro de Excelência para Natureza, Meio Ambiente e Sustentabilidade

Entidade: União dos Escoteiros do Brasil - Região São Paulo

Votos: 1.679


Projeto: Brasilândia Verde: por mais espaços de brincar e crescer em contato com a natureza!

Entidade: CoCriança

Votos: 1.186


Projeto: Jogo "Demorô! - Emergência Climática e os Direitos das Juventudes"

Entidade: Escola Comum

Votos: 928

Sobre o Edital: 


O Edital SP Melhor teve como objetivo contemplar projetos focados em Infância, Maternidade, Meio Ambiente e Direitos Humanos da cidade de São Paulo.  O período de inscrição dos projetos começou no dia 22 de maio. Organizações sociais sem fins lucrativos da capital paulista tiveram até o dia 3 de junho para inscrever projetos no valor de R$100 mil. As propostas inscritas tinham que ter relação com um dos dois eixos: Emergência Climática e Práticas Sustentáveis e/ou Maternidade, Infância e Direitos Humanos. 


Já o período de votação popular aconteceu do dia 5 a 18 de junho. Ao todo, foram mais de 34 mil votos. As entidades vencedoras serão contatadas diretamente pela organização do edital.  

Comments


bottom of page