Emendas 2022 - Votacao - Header Wix.png

Formando Campeões

Mogi Guaçu

Secretaria de Esporte e Lazer

Resumo

O município conta com 11 piscinas esportivas espalhadas nos diversos bairros da periferia, devidos as dificuldades financeiras em aquecer as piscinas temos dificuldades em desenvolver atividades aquáticas de natação para crianças e adolescentes e hidroginásticas para adultos e a terceira idade no período de inverno, sendo assim as ações esportivas e de saúde são interrompidas, causando uma perda significativas no atendimento à população.
Justificamos a necessidade do aquecimento de uma piscina municipal para sanar ou diminuir as dificuldades administrativas esportivas da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, que não dispõe de dotação orçamentária para adquirir os equipamentos necessários para o objetivo proposto, está ação potencializará a demanda esportiva das atividades aquáticas da natação e hidroginásticas ao longo dos doze meses do ano, contribuindo com ganhos inestimáveis no suprimentos dos necessidades da população dos bairros periféricos atendidos.
Considerando a demanda e ciente de sua importância, a intenção da Administração Municipal é ampliar as ações e dessa vez, promover aprimoramento da modalidade e expansão das atividades aquáticas.
Ressaltamos que a presente solicitação parte de uma estrutura preexistente fundada no dia 26 de agosto de 1976, o Centro Esportivo Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira e, no atual momento, busca a adequação das instalações esportivas de forma econômica e sustentável. A aquisição do sistema de energia solar sustentável por meio de placas fotovoltaica leva em conta a atual delicada situação econômica que o país enfrenta, considerando não onerar os cofres públicos dada a subsequente economia que trará. A instalação de um sistema pode reduzir em até 95% os gastos com energia elétrica, por meio do sistema chamado de compensação de energia elétrica, criado pela Agência Nacional de Energia Elétrica, resolução normativa Nº 482, de 2012.
Sendo o Brasil um país tropical que recebe uma intensa radiação solar, o aproveitamento dessa fonte renovável, inesgotável, segura e barata de energia é uma estratégia que tende a ser cada vez mais utilizada dado a economia gerada e sustentabilidade, que trazem benefício à população atendida, a natureza, e consequentemente às futuras gerações.

Experiência

Desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, garantindo a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações (Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento).
É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro, nos últimos anos, práticas de responsabilidade social tornaram-se parte da estratégia de Prefeitura Municipal de Mogi Guaçu e Secretaria de Esportes e Lazer, ciente das relações entre retorno econômico, ações sociais e conservação da natureza, procura adequar suas ações ao estado da saúde ambiental e o bem-estar coletivo da população.
Com o intuito de desenvolvimento sustentável a Prefeitura Municipal de Mogi Guaçu junto a Secretaria de Obras e mobilidade urbana início o trabalho de troca das lâmpadas de sódio de mercúrio pelas luminárias de LED nas principais avenidas da cidade, através do convênio firmado com a Eletrobrás, por meio do Programa Nacional de Conservação de Energia – Procel Reluz.
As lâmpadas de LED são totalmente sustentáveis, pois não contêm nenhum elemento poluente ou contaminante, tais como as lâmpadas fluorescentes, diminuindo a quantidade de lixo gerado, baixo consumo de energia, conseguintemente economia pública e diminuição na necessidade de geração de energia elétrica, reduzindo os impactos ambientais desse processo. De acordo com artigo análise da eficiência energética, ambiental e econômica entre lâmpadas de LED e convencionais (SANTOS, et. all. 2015), cerca de 200 lâmpadas à base de vapor de mercúrio, quando trocadas por modelos de LED gera uma economia de 30 megawatts por ano, comparada a outros modelos, o LED gera uma economia de 80% na quantidade de energia.

Público Alvo

Pretendemos atender todos os públicos da população Guaçuana (criança, adolescente, jovem, adulto e terceira idade) com as atividades aquáticas de natação e hidroginástica.

O projeto pretende atender
• Meta quantitativa de alunos participantes do projeto de natação de aproximadamente 100 alunos, com idade entre 05 a 18 anos, alunos da rede pública de ensino municipal, estadual ou privada.
• Meta quantitativa de alunos participantes do projeto de hidroginástica de aproximadamente 100 pessoas, com idade entre 30 a 70 anos, pessoas com ou sem necessidades especiais.