Emendas 2022 - Votacao - Header Wix.png

Aquisição de equipamentos para extensão escolar

Ibitinga

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Ibitinga

Resumo

Após a aprovação da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), em dezembro de 2017, começaram as discussões visando a melhor forma de implementar as novas diretrizes da BNCC na Educação Infantil de todo o país. Assim, considera-se responsabilidade das escolas garantir que seus alunos receberão as competências gerais estabelecidas pela diretriz. Dessa forma, o cenário educacional nacional se torna mais justo e igualitário para todas as crianças.
O município de Ibitinga possui 16 unidades escolares destinadas à primeira infância (0 a 6 anos), que atendem 2.202 crianças na rede pública municipal e, atualmente, diversas unidades escolares não possuem equipamentos como televisores, aparelhos de DVD, projetos multimídia e caixas de som. A maior parte destas creches e pré-escolas está situada em bairros periféricos, tendo como público principal crianças oriundas de famílias de baixa renda.
No entendimento da estrutura curricular por campos de experiência, chamamos a atenção para o fato de que são muitas as linguagens que uma criança pequena tem o direito de conhecer, aprender e usufruir na sociedade atual. Dentro disso, os equipamentos supracitados garantem o suporte material necessário para potencializar o desenvolvimento das linguagens simbólicas.
No atual contexto, encontra-se deficitária uma ferramenta poderosa de desenvolvimento cognitivo que pode ser implementada na primeira infância, impondo barreiras à aplicação de atividades que possibilitam ganhos no processo de aprendizagem relacionado às habilidades de relacionamento social e afetivo.
A Educação Infantil é uma etapa fundamental do desenvolvimento escolar das crianças. Ao democratizar o acesso ao desenvolvimento das diversas formas de linguagem, ela contribui para minimizar diferenças socioculturais. Grande parte das crianças da escola pública depende desse espaço e dessa oportunidade para se desenvolverem de modo holístico.
Cabe à Educação Infantil cumprir seu papel, envolvendo os pequenos em atividades que os façam pensar e compreender para além da linguagem escrita, de modo que consigam desenvolver também competências de relacionamento interpessoal harmônico.
Pretende-se obter como resultado o aumento da qualificação da rede municipal de ensino voltada à primeira infância a partir do uso destas ferramentas materiais que integram e auxiliam as atividades pedagógicas. Assim, ampliam-se os recursos didáticos disponíveis para o trabalho docente, bem como para o desenvolvimento das habilidades fundamentais a este período da vida. Além disso, são esperados impactos positivos como redução da evasão escolar em anos posteriores; a garantia de maior igualdade de oportunidades no futuro; desenvolvimento de habilidades socioemocionais.

Experiência

O município da Estância Turística de Ibitinga trabalhou remotamente com crianças da primeira infância visando manter a qualidade do ensino público ao longo de toda a pandemia. A experiência pode ser considerada exitosa, no entanto é necessário intensificar as políticas educacionais com essas crianças para que não haja qualquer gap de conhecimento.

Público Alvo

Serão contempladas aproximadamente 2700 crianças diretamente.