Emendas 2022 - Votacao - Header Wix.png

Vamos nos profissionalizar contra o COVID!

São Paulo

Secretaria Municipal de Direitos Humanos de São Paulo

Resumo

A Coordenação de Políticas para LGBTI+, da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, vem propor o Programa ""Vamos nos profissionalizar contra o COVID"". Esse programa consiste na oferta, através dos 05 (cinco) Centros de Cidadania LGBTI, espalhados pelas zonas sul, norte, leste, oeste e centro, de uma série de workshops profissionalizantes e de elevação da auto estima da população LGBTI+, tão atingida pela pandemia do COVID-19, nestes últimos meses.

Pensamos em, primeiramente, 03 (três) workshops, para circulares pelos centros e depois ampliaremos, num segundo momento, para outras linguagens e ofertas.
O programa foi pensado sob os seguintes eixos orientadores: autonomia, oportunidade e cidadania.
Todos os três workshops visam garantir a autonomia da população LGBTI+, gerando oportunidade de profissionalização e geração de renda e empregabilidade, visando a plena cidadania.

1) Workshop Participativo “Como Sou, Como me Vejo”
O projeto “Como Sou, Como me Vejo” propõe a execução de uma ação dentro do Centro de Cidadania LGBTI, tendo seu foco voltado à população LGBTI+ que frequenta o espaço.
A atividade terá duração de duas horas e meia, por intervenção, necessitando da presença dos técnicos de pedagogia e psicologia, para auxiliar a convidada na execução do projeto.
Artista plástica e psicóloga, a convidada, por meio de tintas, giz de cera, lápis, canetinhas coloridas, papéis sulfite e cartolinas, irá convidar as/os participantes a interagirem, por meio da arte, se percebendo enquanto indivíduos e detentores de cidadania.
A intervenção tem como principal objetivo aumentar a autoestima das/os participantes, tranzendo-as/os à reflexão do seu lugar no mundo.
O material criado durante as atividades poderá ser utilizado em exposição itinerantes nos outros centros de cidadania. com a devida autorização das/os autoras/es, que participarão de uma exposição a ser realizada no Centro de Cidadania LGBTI onde o workshop irá ocorrer, estabelecendo vínculos e criando pontes entre a equipe técnica do equipamento e a à população LGBTI+ que o frequenta.

2) Workshop Participativo ""Makeup Profissional”
O projeto tem como objetivo estimular interesse e o talento das/os participantes, capacitando-os e incentivando-os a se profissionalizarem, bem como mostrar novas possibilidades de geração de renda.
Ministrado por um profissional com mais de 12 anos de experiência, formado em designer de moda, maquiador profissional e especialista em penteados para noivas, debutantes e acompanhantes, o curso pretende iniciar as/os participantes nestas técnicas, estimulando-as/os à profissionalização.
O workshop terá duração de 03 horas.

3) Workshop de Artesanato e Reciclagem
Existem várias formas de artesanato, que se utilizam os mais variados materiais, desde pedras semipreciosas, madeiras de lei, linhas, cordas, até plásticos, ferro e outros material que podem se reciclados. O artesanato de materiais reciclados tem sido objeto de muitos cursos e oficinas, pois associa duas grandes questões sociais, as questões ambientais e a geração de rendas.
As garrafas pets são, com certeza, um dos principais materiais utilizados para fins artesanais. Quem trabalha com artesanatos ou qualquer trabalho manual adora fazer reciclagem. E quando esta reciclagem serve também para deixar as pessoas mais bonitas, melhor ainda. E colares feitos com materiais reciclados são mais fáceis de serem conseguidos do que você imagina.
O workshop irá ensinar técnicas para confecção de colares, pulseiras e brincos e terá a duração de 4 dias, em cada Centro, totalizando 24 horas/aula por equipamento.

Esses são os três exemplos, mas também teremos um workshop para ensinar as técnicas de DJ e outro para abordar os discursos de ódio contra a população LGBTI+ e a forma como desconstruir esses discursos, garantindo o empoderamento da nossa população.

Experiência

A Coordenação de Políticas para LGBTI+ é responsável por formular, articular, propor e monitorar políticas públicas que visem à promoção da cidadania e a garantia de direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais na cidade de São Paulo.

Ao longo dos anos a Coordenação de Políticas para LGBTI+ tem promovido uma série de workshops e oficinas, junto aos Centros de Cidadania LGBTI, visando a empregabilidade e geração de renda para as/os usuárias/os dos equipamentos.

Um dos últimos workshops foi o de “Makeup”, ministrado pelo maquiador profissional João Neto, formado em designer de moda, com 12 anos de experiência em maquiagem e especialista em penteados, com técnicas de atendimento para noivas, debutantes e acompanhantes. João trabalha, ainda, no carnaval de São Paulo, desde 2018, assinando as maquiagens de comissão de frente e destaques de algumas escolas de samba.

Público Alvo

As/os usuárias/os dos 05 (cinco) Centros de Cidadania LGBTI da rede de equipamentos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, bem como o público em geral, desde que inscritas/os junto aos centros.