Emendas 2022 - Votacao - Header Wix.png

A coleta seletiva de resíduos sólidos e seu papel em uma sociedade sustentável – pandemia x resíduos

Itatiba

Secretaria da Educação do Município de Itatiba - Sp

Resumo

A finalidade é mostrar as várias possibilidades de descarte correto e diminuir a quantidade de resíduos para o aterro e ampliar os que seguem para a reciclagem da cidade.

Para o ATERRO deve-se enviar somente rejeitos, ou seja, tudo que não pode mais ser utilizado, incluindo as MÁSCARAS que devem estar envoltas de saco plástico. Para a COLETA SELETIVA, materiais como plástico, metal, vidro, papel e eletroeletrônico em condições limpas para melhor agregar valor e melhorar a renda dos associados. Os ECOPONTOS recebem além dos materiais para reciclagem, moveis desmontados e materiais de construção (1m³)

Com lixeiras adequadas tanto nas salas de aula como no pátio, as pessoas passam a relacionar mais como o descarte deve acontecer. E as rodas de conversa são essenciais para que a Educação Ambiental atinja seu objetivo final, que é a destinação correta de cada resíduo.

Experiência

Descreva a experiência da instituição na temática relacionada ao projeto

A Seção de Educação Ambiental da Secretaria da Educação, promove dentro das escolas e no Centro de Educação Ambiental, ações de possam beneficiar toda população, assim como cria meios para discussões e busca de soluções sobre temas ambientais/sustentabilidade.

Atualmente por conta da Pandemia, criamos uma plataforma online para melhor disseminar nossos Pockets Curso (mini cursos) e os Drops Ambientais (mini vídeos). Estamos movimentando as questões ambientais e nosso tema desde março são os resíduos e o problema de descarte de máscaras tem assustado muito. A população não está sabendo conduzir essa questão e acaba descartando irregularmente um resíduo muito perigoso. Abaixo a atual plataforma.

https://dropsambiental.wixsite.com/website

Público Alvo

Alunos das escolas municipais (média de 16.000), associados da cooperativa de reciclagem ( 47) , trabalhadores da coleta do “lixo” domiciliar e população ( média de 120.000) .
O maior desafio será sensibilizar os participantes, fazendo com que eles se coloquem no lugar dos associados que trabalham diretamente com os resíduos na cooperativa.