Emendas 2022 - Votacao - Header Wix.png

SEMEAR PARA O FUTURO

Guaimbê

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

Resumo

A ARBORIZAÇÃO URBANA É O PROBLEMA A SER SOLUCIONADO PELO PROJETO, POIS SEGUNDO O INVENTÁRIO FLORESTAL REALIZADO PELO INSTITUTO FLORESTAL, O MUNICÍPIO DE GUAIMBÊ POSSUI COBERTURA VEGETAL NATIVA INFERIOR A 15%, NESSE SENTIDO QUEREMOS ESTIMULAR O PLANTIO DE MUDAS, ATRAVÉS DA PRODUÇÃO E CULTIVO DE MUDAS NO VIVEIRO MUNICIPAL.
A METODOLOGIA ESCOLHIDA PARA ATUAÇÃO É A CONSTRUÇÃO DE UM VIVEIRO DE MUDA MUNICIPAL, ONDE AS MUDAS SERÃO PRODUZIDAS DESDE A SEMENTE ATÉ O TAMANHO IDEAL PARA DOAÇÃO. SERÁ ELABORADO UM CATÁLOGO DE ESPÉCIES DE MUDAS DISPONÍVEIS PARA DOAÇÃO, ONDE A PESSOA PODERÁ ESCOLHER A MUDA QUE ATENDA AS SUAS NECESSIDADES E TAMBÉM SERÃO INSTRUÍDAS SOBRE A MELHOR FORMA DE PLANTIO E TAMBÉM SOBRE A MELHOR ESPÉCIE PARA AS CARACTERISTICAS DO SEU IMÓVEL.
PARA OS MORADORES PROPRIETÁRIOS DE ÁREA RURAL ESTARÃO DISPONÍVEIS MUDAS NATIVAS PIONEIRAS, PARA QUE ESSAS PESSOAS ATINJA O MELHOR RESULTADO EM SUA RECUPERAÇÃO AMBIENTAL.
O PRAZO PARA A CONSTRUÇÃO DA ESTUFA DEVE SER DE 4 A 6 MESES, O PERÍODO NECESSÁRIO PARA QUE AS MUDAS ESTEJAM DO TAMANHO IDEAL PARA DOAÇÃO É DE 6 MESES, CONSIDERA-SE O PRAZO DE 12 MESES PARA O PROJETO ESTAR FINALIZADO E FUNCIONANDO. O RECURSO PREVISTO PARA A EXECUÇÃO COMPLETA DESTE PROJETO É DE R$65.000,00 (SESSENTA E CINCO MIL REAIS).
ESPERAMOS QUE ESTE PROJETO ATENDA A TODO O MUNICÍPIO, TANTO URBANO QUANTO RURAL, E TAMBÉM QUE A MELHORA CLIMÁTICA DO MUNICÍPIO SEJA NOTADA DENTRO DE 2 ANOS APÓS O INÍCIO DAS ATIVIDADES NO VIVEIRO.

Experiência

DURANTE A PANDEMIA NOTAMOS QUE A DOAÇÃO DE MUDAS DE ÁRVORE PELO MUNICIPIO TEVE UM AUMENTO, CONSIDERANDO A QUANTIDADE DE TEMPO QUE AS PESSOAS ESTÃO TENDO DEVIDO AO ISOLAMENTO, PRINCIPALMENTE OS IDOSOS E MULHERES OU HOMENS DO LAR.
A ARBORIZAÇÃO URBANA TEVE UMA MELHORA CONSIDERÁVEL NESSE PERÍODO DE PANDEMIA, E OS PROPRIETÁRIOS RURAIS TAMBÉM COMEÇARAM A PROCURAR A PREFEITURA PARA FAZER REGULARIZAÇÃO DE ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE.
NESTE INTUITO NOTOU-SE A NECESSIDADE DO MUNICÍPIO TER UM VIVEIRO, POIS ATÉ O PRESENTE MOMENTO PRODUZIMOS MUDAS EM PEQUENA ESCALA, ACERCA DE 50 MUDAS AO MÊS PARA A ARBORIZAÇÃO URBANA, SENDO QUE, AS MUDAS QUE OS PROPRIETÁRIOS RURAIS USAM PARA RECUPERAÇÃO DE ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE SÃO COMPRADAS DA CATI - MARÍLIA.
PARA A MELHORIA NO ATENDIMENTO AOS MUNICÍPES NECESSITAMOS DE UM VIVEIRO MUNICIPAL PARA ATENDER A DEMANDA ATUAL E FUTURA.

Público Alvo

DE ACORDO COM O INVENTÁRIO FLORESTAL REALIZADO PELO INSTITUTO FLORESTAL, O MUNICÍPIO DE GUAIMBÊ POSSUI COBERTURA VEGETAL NATIVA INFERIOR A 15%, NESSE SENTIDO, ESTIMA-SE QUE ATINGIREMOS TODA A POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO QUE, SEGUNDO A ESTIMATIVA DO IBGE A CIDADE POSSUI 5.785 HABITANTES, INCLUINDO NESTE TOTAL OS MORADORES DA ZONA RURAL.
AS VULNERABILIDADES DOS MUNICÍPES É A FALTA DE INSTRUÇÃO REFERENTE AO PLANTIO E CULTIVO DE ÁRVORES, PORÉM POSSUEM ALTO POTENCIAL DE ADESÃO AO PROJETO E INTENSÃO DE APRENDIZAGEM.