Nova fase da minha vida
Associação Arte Despertar
São Paulo
Resumo

A violência doméstica e familiar contra a mulher é uma questão não apenas social, mas também de saúde pública. Muitas vezes estas vítimas acabam adoecendo pela sobrecarga das emoções, além disso, as agressões limitam o desenvolvimento das potencialidades da mulher, inclusive a sua inserção, produtividade e permanência no mercado de trabalho.
De acordo com a psicóloga da Casa da Mulher Carioca Tia Doca, Presciliana Vital, a dura realidade de violência doméstica, enfrentada por milhares de mulheres no Brasil e no mundo, inibe o senso crítico feminino que, por sua vez, fica abalado, bem como seu lado emocional, tornando impossível se ter um claro discernimento sobre a realidade vivida. Tal situação, também, traz sérios agravos à qualidade de vida destas mulheres, seja no âmbito pessoal quanto no profissional.
O II Relatório da PCSVDFMulher, Violência Doméstica e seu Impacto no Mercado de Trabalho e na Produtividade das Mulheres, do Instituto Maria da Penha, e vários outros estudos comprovam que as mulheres vítimas de violência doméstica apresentam capacidade inferior de concentração e de tomada de decisões no ambiente de trabalho. Elas se sentem estressadas constantemente, faltam mais e têm a sua produtividade reduzida. Com isso, uma situação de instabilidade se acentua e a dinâmica de emprego e desemprego aumenta.
A psicóloga Presciliana explica ainda que a autoestima, por sua vez, lhe dá o poder sobre si mesma. Muitas mulheres, após viver anos de violência psicológica com seus maridos, começam a acreditar nas falas agressivas que ouviam deles, como: “Você não é especial”; “Você não é bonita; “Sou o único homem que quer estar com você”; “Você não conseguirá se formar”.

A Arte Despertar se baseia em um modelo de autoformação permanente composto por cinco etapas (Autoconhecimento, Percepção, Empatia, Comunicação e Relacionamento) em que se parte do reconhecimento do próprio indivíduo (crenças, valores etc.) para um olhar e compreensão de si, do Outro e do contexto a partir de experiências que instigam a reflexão acerca das situações cotidianas e das possibilidades de crescimento pessoal e profissional.
É diante desse contexto que a Arte Despertar - que atua desde 1997, com a missão de despertar a potencialidade de indivíduos por meio da arte e da cultura, possibilitando o exercício de ações transformadoras, entende que é possível, a partir dos treinamentos com foco em competências socioemocionais, propiciar condições para o autoconhecimento, de modo que contribua diretamente para o fortalecimento da saúde emocional e mental. O foco no desenvolvimento das habilidades de comunicação, relacionamento, autoconhecimento, percepção e empatia tem visa contribuir para o fortalecimento da autoestima e redução da desigualdade social de mulheres em relação a sua inserção e permanência no mercado de trabalho.

Header - VOTE_Prancheta 1.png

Votar em Nova fase da minha vida

Confirme aqui o seu voto no edital.