Na última semana tivemos vitórias significativas na nossa luta pela inclusão de grávidas, puérperas e lactantes, com ou sem comorbidades, na priorização da vacinação no Estado de São Paulo.

Grávidas e puérperas já foram incluídas em todo o Estado e começaram a ser vacinadas no último dia 10. Além disso, lactantes sem comorbidades começaram a ser vacinadas em diversas cidades do Estado, como Santo André, São Bernardo do Campo, Osasco, Birigui e Itapevi. 

Para debater a regulamentação dos avanços já conquistados e pleitear a inclusão das lactantes sem comorbidades na priorização de todo o Estado, o Mandato da Deputada Estadual Marina Helou (Rede-SP), o Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres da Defensoria Pública do Estado de São Paulo e a Rede Lactantes pela Vacina São Paulo se juntaram para organizar uma audiência pública na próxima quarta-feira (16/06), às 17 horas.

A audiência será aberta para perguntas do público, por isso venha, participe e acompanhe esse debate que é fundamental e urgente!

O que: Audiência Pública para debater regulamentação da vacinação de grávidas e puérperas no Estado e avanços na vacinação de lactantes sem comorbidades. 

Quando: Quarta, 16/06, às 17 horas.

Organizadores: Deputada Estadual Marina Helou, NUDEM-Defensoria Pública do Estado de São Paulo, Lactantes pela Vacina São Paulo.

Inscreva-se abaixo para receber o convite da audiência em seu e-mail! 

image (3).png
 

Nossa audiência já ocorreu! Assine a petição e continue apoiando essa causa tão importante: https://www.marinahelou.com.br/umavacinasalvadois